Pesquisar no Blog ou Web

Carregando...

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Modo imperativo e subjuntivo

Tempos verbais do Subjuntivo:

01) Presente:
Indica desejo atual, dúvida que ocorre no momento da fala.

Espero que eu caminhe bastante no ano que vem.
O meu desejo é que eu estude no colégio ainda.
Duvido de que eu confie nele novamente.

02) Pretérito Imperfeito:

Indica condição, hipótese; normalmente é usado com o futuro do pretérito do indicativo.

Eu caminharia todos os dias, se não trabalhasse tanto.
Estudaria no colégio, se morasse em Londrina.
Eu confiaria mais uma vez naquele amigo, se ele me prometesse não mais me trair.

03) Futuro: 
Indica hipótese futura.

Quando eu começar a caminhar todos os dias, sentir-me-ei melhor.
Quando eu estudar no colégio, aprenderei mais coisas.
Quando ele me prometer que não me trairá mais, voltarei a confiar nele.

O modo Imperativo

O modo Imperativo expressa ordem, pedido ou conselho.

Caminhe todos os dias, para a saúde melhorar.
Estude no colégio.
Confie em mim!

A formação do modo imperativo ocorre da seguinte maneira:

Imperativo afirmativo

Tu e Vós
: conjuga-se o verbo no presente do indicativo, retirando-se a letra s. Por exemplo:

Todos os dias tu estudas (retirando-se a letra sEstuda tu).
Todos os dias vós estudais (retirando-se o sEstudai vós).
A exceção é o verbo "ser": sê tu, sede vós.

Você, nós e vocês: conjuga-se o verbo no presente do subjuntivo. O imperativo afirmativo é idêntico a ele para essas três pessoas:

Espero que você estude: Estude você.
Espero que nós estudemos: Estudemos nós.
Espero que vocês estudem: Estudem vocês.

Imperativo negativo

Todas as pessoas coincidem com o presente do subjuntivo:

Não estudes tu,
não estude você,
não estudemos nós,
não estudeis vós,
não estudem vocês.

Um comentário: